Buscar

Por que RPA é benéfico para minha empresa?

Quer solucionar previamente os problemas decorrentes da falta de automação dos processos? O Dataholic Matheus Rafael vai contar um pouco sobre RPA, e porque você deve se preocupar com isso. Vem conferir!


Primeiramente, o que é RPA?


RPA é a sigla para Robotic Process Automation, e consiste no impacto da revolução digital nos processos de negócios, utilizando robôs virtuais que automatizam tarefas de trabalho repetitivas e baseadas em regras. Suas aplicações variam de algo tão simples quanto gerar uma resposta automática para um e-mail e preencher automaticamente uma planilha, até implantar robôs que controlam diferentes ERPs (Enterprise Resource Planning ou Planejamento de Recursos Empresariais).


Segundo o Instituto de RPA e IA, “qualquer empresa que utilize mão-de-obra em larga escala para o trabalho de processo de conhecimento geral, onde as pessoas executam funções altamente transacionais e de alto volume, aumentará suas capacidades e economizará tempo e dinheiro com software de Automação Robótica de Processos”.


Deste modo, uma implantação bem planejada e estruturada da maneira correta, pode gerar diversos benefícios para uma organização, sendo assim, apresentarei alguns deles.


Ganho de tempo e produtividade



Melhoria da produtividade é um importante indicador de desempenho para qualquer organização, os líderes estão sempre em busca de maneiras de otimizar processos, minimizar erros, reduzir custos e aumentar a satisfação dos funcionários.


Uma tarefa ao ser automatizada, pode ter seu tempo de conclusão reduzido, consequentemente elevando o número de vezes que ela pode ser executada dentro de um período. Isso além da possibilidade de executar bots, que realizam tarefas diferentes, em paralelo.


Redução de erros e melhoria da eficiência


Nós estamos sujeitos a erros, principalmente em atividades realizadas repetidas vezes por um longo tempo. O RPA torna a execução das atividades mais eficiente por ser baseado em regras, onde ele executará apenas o que foi programado para fazer.


Consequentemente, eleva-se a qualidade de dados armazenados em um sistema por exemplo, e reduz as chances de precisar refazer uma atividade, decorrente de problemas em sua realização.


De acordo com a UiPath, “quando os robôs fazem esses tipos de tarefas repetitivas e de alto volume, os humanos são liberados para se concentrar nas coisas que fazem melhor e aproveitar mais: inovar, colaborar, criar e interagir com os clientes. As empresas também recebem um impulso: maior produtividade, eficiência e resiliência. Não é à toa que a RPA está reescrevendo a história do trabalho.”


Maior satisfação dos colaboradores


Tarefas repetitivas e maçantes geram desmotivação e desgaste aos colaboradores, uma vez que não proporcionam conhecimento ou ganho de experiência aos envolvidos. Ao implementar RPA, é possível alocá-los em atividades mais estratégicas e criativas, também reduzindo a carga de trabalho e intensificando o foco no que é mais relevante para a organização.


Escalabilidade


Escalar uma tarefa ou processo feito manualmente, exige aumento no número de pessoas envolvidas e no tempo alocado para realização, em alguns casos pode ocasionar aumento de custos.


Segundo o blog RPA Insiders, “sem dúvidas, uma das principais vantagens da robotização é a capacidade de escala no processamento de informações. Com um RPA bem implementado, duplicar, triplicar ou multiplicar a capacidade de processamento passa a ser uma tarefa simples, muitas vezes feita com poucos clicks, em poucos minutos e sem custo adicional”.


Redução ou otimização de custos


Pode-se dizer que o impacto financeiro é resultado dos demais benefícios listados acima. Aumentar a produtividade, melhorar a eficiência e alocar os colaboradores em tarefas mais estratégicas e relevantes, ocasionam mudanças positivas na economia de uma organização, fazendo com que os recursos monetários despendidos para determinado processo, possam ser reinvestidos.


Vale ressaltar que RPA não se resume apenas a aplicação de ferramentas, existe um conceito por trás, e etapas de implantação que lapidam o caminho para adquirir os benefícios apresentados.


Em um próximo artigo, irei mostrar como identificar se um processo ou tarefa pode ser automatizado e quais são as etapas primordiais para o sucesso de um RPA. Te espero lá!



Agora você já sabe o que está perdendo! Curte e comenta aqui o que você achou de RPA, e compartilha com aquele amigo empresário que também precisa automatizar.💚💻